O VI Congresso Médico Nacional realizado de 29 a 31 de Maio de 2014, no Mindelo, sob o lema “O Doente no Centro dos Cuidados de Saúde”, reuniu mais de uma centena de profissionais da saúde na ilha de S. Vicente.

O VI Congresso Médico Nacional realizado de 29 a 31 de Maio de 2014, no Mindelo, sob o lema “O Doente no Centro dos Cuidados de Saúde”, reuniu mais de uma centena de profissionais da saúde na ilha de S. Vicente.

Ao longo dos três dias de trabalho foram tratadas questões como: “Acidente Vascular Cerebral”, “O Álcool, a Saúde e a Sociedade”, “Evacuações Externas”, “Cuidados Paliativos – Um direito humano”, “Oncologia”, “Formação Pessoal e Ética Profissional na Saúde”, “Segurança do Doente” e “Objetivos do Desenvolvimento do Milénio – metas para a saúde – onde estamos e que caminhos a percorrer”.

A primeira Conferência coube ao especialista em Medicina Interna do Hospital São Francisco Xavier de Lisboa, Professor Doutor Luís Campos, que discorreu sobre um tema muito pertinente “O Doente no Centro dos Cuidados de Saúde”.

Conforme aquele clínico, as melhoras do sistema de saúde “deve ser um dever partilhado por todos os Ministérios”, já que a política de saúde depende de diversos factores sócio-económicos. 

Importa salientar que a sessão solene de abertura foi presidida pela Ministra de Estado e da Saúde, Dra Cristina Fontes.

Segundo o Bastonário, não vai ser fácil atingir os objetivos que foram propostos sobre a mortalidade neonatal, mas é preciso o envolvimento dos profissionais de saúde, melhorar a organização de serviço, ver se é possível cumprir os objectivos preconizados.

Na hora do balanço, a Directora Clínica do Hospital Baptista de Sousa, Samila Inocêncio, frisou que os objectivos do evento foram alcançados e que os temas debatidos no congresso suscitaram discussões pertinentes. Por seu turno, Céu Teixeira, Diretora Clínica do Hospital Agostinho Neto, assumiu o compromisso de organizar o sétimo Congresso Médico Nacional, prometendo que será um evento à altura desse nome.

Para a Dra. Céu Teixeira, o objectivo é, sobretudo, o de melhorar cada vez mais a qualidade científica dos trabalhos, o que, segundo ela, tem acontecido ao longo dos anos.