Ebola: Por que a OMS declarou que o surto na República Democrática do Congo é uma emergência internacional de saúde pública

O surto de ebola na República Democrática do Congo (RDC) foi declarado uma emergência de saúde pública de caráter internacional pela Organização Mundial de Saúde (OMS) nesta quarta-feira (17).
A declaração de emergência acontece depois de o país ter confirmado nesta semana o primeiro caso de ebola na cidade de Goma, um importante eixo de transportes no leste do país africano. O surto no país foi declarado em agosto de 2018, mas o caso em Goma pode ser um “divisor de águas”, segundo a OMS, por causa da grande população da cidade, de mais de 2 milhões de habitantes, localizada na fronteira com Ruanda, que está em alerta máximo.
“Está na hora de o mundo notar e de redobrarmos nossos esforços. Precisamos trabalhar juntos com a RDC para acabar com esse surto e construir um sistema de saúde melhor”, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS. “Um trabalho extraordinário tem sido feito há quase um ano sob as circunstâncias mais difíceis. Todos nós devemos a esses trabalhadores – não só da OMS mas também do governo, parceiros e comunidades – a responsabilidade de carregar um pouco mais desse peso.”
Mais de 1.600 pessoas morreram desde o início do surto de ebola no leste da República Democrática do Congo – o segundo maior surto de todos os tempos.
Segundo o Ministério da Saúde local, o caso de Goma foi de um pastor foi diagnosticado após chegar de ônibus no domingo (14). O pastor infectado viajou de ônibus por 200 km da cidade de Butembo, onde esteve em contato com pessoas com ebola, até Goma.
O Ministério da Saúde disse em um comunicado que há um baixo risco de propagação da doença na cidade, porque todos os outros ocupantes do ônibus – um motorista e mais 18 passageiros – foram rastreados e seriam vacinados nesta segunda-feira, 15 de julho. “Por causa da velocidade com que o paciente foi identificado e isolado, bem como a identificação de todos os passageiros, o risco de o vírus se espalhar por Goma permanece pequeno.”

Fonte: Globo.com

Scroll to Top