Boa tarde.

Queríamos começar esta nossa apresentação da Programação das Atividades das Comemorações do XX Aniversário da Ordem dos Médicos Cabo-verdianos com os nossos agradecemos a todos que nos honram com a sua presença, nesta cerimónia. Estamos verdadeiramente gratos.

As Comemorações, subordinadas ao lema “Um LEGADO, NOVAS OPORTUNIDADES” têm objectivos fundamentais muito claros. Os principais são: celebrar o percurso da Ordem, e dialogar mais com a classe, os parceiros e a sociedade e, por último, contribuir para a dignidade e prestígio da classe médica.

Como foi dito, o Conselho Diretivo Nacional  elaborou, com a colaboração de muitos, uma rica programação com mais de 40 actividades a serem realizadas ao longo de três meses.

Estas atividades das Comemorações podem ser agrupadas em atividades científicas, atividades sociais, atividades culturais, atividades desportivas e recreativas e atividades institucionais.

Vejamos as mais significativas, começando pelas atividades científicas.

  1. Actividades Científicas

Em primeiro lugar, destacamos as Jornadas Científicas a serem realizadas em Santo Antão, São Vicente, Sal, Santiago Norte, Praia e Fogo, com temas diversos e atuais, escolhidos pelos próprios médicos dessas regiões e ilhas.

Para as ilhas com menor número de médicos e outros profissionais de saúde, programámos  Palestras abrangentes que podem ser também de interesse para a sociedade civil que será convidada a participar.

Também está prevista a organização de uma Mesa Redonda: sobre a “Ética e Deontologia Médica”, uma questão sempre de atualidade e de grande pertinência e de uma outra, na Praia. intitulada “Reflexão sobre o Mestrado

Ainda, neste capítulo das atividades científicas, devemos referir os dois Congressos a serem realizados em simultâneo, indubitavelmente o ponto mais alto das Comemorações: o III Congresso Internacional da Ordem dos Médicos Cabo Verdianos e o VII Congresso Médico Nacional, sempre sob o lema “Um Legado, Novas Oportunidades”, nos dias 17, 18 e 19 de Janeiro.

 

Para os Congressos programámos uma Sessão de Abertura que vai contar com altas personalidades do Estado, com um momento cultural, as solenidades apropriadas, algumas atividades institucionais, uma Conferência Inaugural, Painéis e Conferências, a Assembleia Geral Ordinária da Ordem, uma Sessão de Encerramento também com a presença altas personalidades do Estado, com uma Conferência Final e as Solenidades habituais.

Indo um pouco além, queríamos deixar algumas informações sobre os Painéis e as Conferências previstas para o nosso evento maior, que como foi dito vai contar com uma expressiva participação de convidados de países amigos, especialmente da Comunidade Médica de Língua Portuguesa, de parceiros nacionais e, obviamente, de médicos nacionais.

Nós agendámos 6 (seis) painéis sobre temas de grande atualidade como a Transição e Globalização, a Formação Médica e Pós-Graduada e Cooperação Internacional, o Desenvolvimento Profissional dos Jovens Médicos, a Resistência Bacteriana, os Factores de Risco para as Doenças Cardiovasculares e o Alcoolismo e a Sociedade. Haverá sempre realização simultânea de dois painéis e os Congressistas vão poder escolher.

Também agendámos várias Conferências nas quais vão ser abordadas questões transversaais e abrangentes como Saúde em Cabo Verde: Novos Tempos e Novas Oportunidades, Saúde em todas as Políticas, Ética no Século XXI, os Cuidados Primários de Saúde: Retrospectiva e Perspectivas, a Formação Médica num Pequeno País Insular: o caso de Cabo Verde, a Assistência e Formação: os Desafios de Gestão de um Hospital Universitário e Medicina: Que paradigma para o século XXI?.

A realização destes Congressos vai permitir também evidenciar o forte legado e os desafios que ele comporta bem como as novas oportunidades que, a bem dizer, estarão sempre presentes durante todo o período das comemorações.

  1. Atividades Institucionais

Nós nos referimos aqui às atividades institucionais porque quase todas elas vão decorrer durante os Congressos.

Em primeiro lugar, a Homenagem de Reconhecimento e Gratidão aos nossos colegas da Ordem falecidos ou aposentados. Acreditamos ser de justiça esse tributo que nós queremos prestar àqueles que muito contribuíram para o nosso legado.

Devemos também fazer referência à Sessão Evocativa do Dia Nacional do Médico. Como todos os anos vamos reafirmar que o 17 de Janeiro é o nosso Dia.

Ainda na Sessão de Abertura, vamos proceder à assinatura de importantes Protocolos com a INPHARMA e a EMPROFAC, o lançamento do Anuário Médico e a re-edição do Manual do Médico.

A Assembleia Geral para a apresentação dos Relatórios de Actividades e de Contas bem como o Plano de Atividades e o Orçamento para 2018 também faz parte destas atividades institucionais.

Embora ainda não tenhamos toda a garantia, pretendemos pretender ligar a nossa sede nacional à sede regional de Barlavento e à rede de Telemedicina.

  1. Actividades Sociais

Para além desta cerimónia de Proclamação  das Comemorações que constitui a primeira atividade social, devemos registar a programação de uma série de Conferências na Praia e no Mindelo, sobre temáticas variadas que interessam à classe médica e não só.

Ao longo desses três meses várias questões de interesse, como a “Representação Social dos Médicos”, “As Organizações Socioprofissionais e o Equilíbrio Social”, “Os Médicos e a Proteção de Dados Sensíveis: Onde Estamos?”, “Farmacovigilância em Cabo Verde: O que Precisamos Saber?, “Medicina: Uma Profissão Regulada”, “O Médico e a Sociedade Moderna”, “O Médico e a Justiça” “Profissionais de Saúde: Como Estamos a Dialogar?”, e, por fim, “Qualidade de Vida dos Médicos Cabo-verdianos” vão ser abordadas por académicos e eminentes especialistas nacionais. Estamos certos que vão ser momentos de um profundo debate sobre essas matérias que são importantes para a classe médica e que o são também para a sociedade.

O Colóquio intitulado “A Ordem dos Médicos: 20 anos ao Serviço da Saúde”, com os antigos Bastonários e o atual é outra atividade relevante que importa referir aqui.Pretendemos com ele dar a conhecer a natureza, os princípios, as atribuições da Ordem mas também mostrar o que ela tem feito ao longo dos últimos 20 anos.

  1. Atividades Culturais

O Conselho Diretivo Nacional quis também que as Comemorações tivessem um cunho cultural. A edição especial da Revista da Ordem com um Caderno de Memórias, as exposições de fotografias, pintura e de livros escritos por médicos cabo-verdianos, o lançamento de um livro e um colega nosso, Sessões de Cinema com filme retratando vivências de médicos, seguidas de debate e a publicação de Coletânea de Poemas de médicos cabo-verdianos.

  1. Atividades Desportivas e Recreativas

Finalmente, algumas atividades desportivas que vão do futebol de salão ao torneio de xadrez, dos torneios de bisca e uril à tocatina médica, do Natal dos Médicos às excursões.

Considerações Finais

Em suma é esta a programação, são estas as atividades que o Conselho Diretivo Nacional pretende realizar durante as Comemorações do XX Aniversário da Ordem dos Médicos, sempre em articulação com os seus órgãos, com as estruturas de saúde a todos os níveis, com os seus parceiros e com a sociedade.

A participação dos médicos, dos parceiros e da sociedade é funadamental para o sucesso que se pretende. Se assim for, como é nossa convicção, estamos certos que vamos dar uma contribuição decisiva para o prestígio e a dignidade da classe médica que são uma condição necessária para uma Medicina de maior qualidade e o desenvolvimento da Saúde que queremos no nosso país.

Se assim for, a classe médica estará em melhores condições de renovar e aprofundar o diálogo com a sociedade que com razão exige isso. Os resultados serão positivos para todos.

Muito obrigado

Pel´O Conselho Directivo Nacional

Praia, 2 de Novembro